RS passa a contribuir com fundo mundial de saúde animal

 22/11/2016

Página Rural: RS passa a contribuir com fundo mundial de saúde animal

 

 PÁGINA RURAL | ONLINE

No dia em que a diretora geral da Organização Mundial de Saúde Animal vem, pela primeira vez, ao Rio Grande do Sul, entidades ligadas à produção animal anunciaram a doação de US$ 80 mil ao fundo da instituição. O Fundo Mundial de Sanidade e Bem-Estar Animal da OIE atua na execução de programas com foco na saúde animal em países mais necessitados. "É grandioso", comemorou Monique após o anúncio, feito pelo presidente do Fundesa Rogério Kerber.

 
Para Monique Eloit, "quando um estado ou país contribui para levar medidas de prevenção e controle a nações que não têm condições de fazê-lo, ajuda a reduzir a circulação de doenças pelo mundo, o que é fundamental em tempos de globalização".
 
O presidente do Fundesa, Rogério Kerber afirma que esses recursos acabam voltando para o estado de forma direta ou indireta, "com o objetivo de melhorar os acessos a mercados internacionais, elevando a qualidade do produto gaúcho".
 
Na palestra magna proferida na Avisulat, Monique Eloit falou sobre os principais desafios da saúde animal no mundo que têm a ver com a globalização, alimentação dos povos e mudanças climáticas.

>> Mais notícias

10/04/2019

Frente em Defesa do Milho tem adesão de 27 deputados

09/04/2019

Deputados querem criar Frente em Defesa da Cultura do Milho

08/11/2018

Presidente Fundesa fala sobre desafios sanidade animal

04/09/2018

Surto de Peste Suína Africana na Ásia exige atenção em biosseguridade

29/08/2018

Presidente do Fundesa recebe Medalha Assis Brasil

Ver todas as notícias

<< Voltar

Nome

E-mail

Mensagem