Exportações de carne suína caem 7,8% em março

 

Exportações de carne suína caem 7,8% em março

No primeiro trimestre, foram embarcadas 92,7 mil toneladas de carne suína.

 

Sexta-feira, 10 de Abril de 2015 às 09h22

 
Exportações de carne suína caem 7,8% em março

As exportações de carne suína brasileira caíram 7,8% em março ante igual mês de 2014 e, apesar de terem registrado o melhor desempenho mensal em 2015 até agora, o volume de vendas externas nos três primeiros meses do ano ficou 18,2% inferior ao de janeiro a março do ano passado, informou a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) na quinta-feira (09).

“Esperávamos o início da retomada no mês de fevereiro. Entretanto, com a greve dos caminhoneiros e pelo fato de o ciclo de produção da suinocultura ser relativamente longo, esta retomada deverá ocorrer somente nos próximos meses”, disse o vice-presidente de Suínos da ABPA, Rui Eduardo Saldanha Vargas, em nota enviada à imprensa.

O volume de carne suína embarcada em março somou 36,8 mil toneladas, 27,1% maior que o registrado em janeiro e 36,2% superior ao resultado de fevereiro.

Em receita em dólar, as vendas externas somaram US$ 85,5 milhões em março, 19,1% menor que o saldo de março de 2014, 16,6% maior que o resultado de janeiro e 27,9% superior ao de fevereiro. Em reais, a receita somou R$ 266,7 milhões, alta de 8,5% ante março de 2014, crescimento de 38% na comparação com janeiro deste ano e aumento de 41,7% ante o resultado de fevereiro.

No primeiro trimestre, foram embarcadas 92,7 mil toneladas de carne suína. Em dólar, as vendas externas somaram US$ 225,7 milhões, queda de 23,5% ante o mesmo período de 2014. Também houve decréscimo de 7% na receita contabilizada em reais, a R$ 648,1 milhões.

Principais destinos

A Rússia, um dos principais mercados para a carne suína, elevou em 1,4% os embarques no primeiro trimestre do ano ante mesmo período de 2014, a 34,4 mil toneladas. Em receita cambial, entretanto, houve redução de 16,4%, a US$ 93,9 milhões.

“O cenário econômico russo também deverá manter a retomada dos níveis de importações da carne suína do Brasil em ritmo gradual”, diz o presidente executivo da ABPA, Francisco Turra. A Europa extra-União Europeia importou 34,7 mil toneladas no trimestre – volume 12,5% inferior ao registrado de janeiro a março de 2014.

Já a Ásia importou 34,2 mil toneladas, queda de 17,4% ante os primeiros três meses de 2014. Os países das Américas e da África importaram, respectivamente, 11,5 mil toneladas (-1,1%) e 7,28 mil toneladas (-48,4%).

Do CarneTec

>> Mais notícias

25/05/2017

Simpósio do Leite abordará Biosseguridade

10/05/2017

Biosseguridade e bem-estar na produção suína

03/03/2017

Audiência pública proposta por Weber discutirá decreto para suinocultu

16/12/2016

CP: Kerber vai para 7º mandato

16/12/2016

O Sul: Rogério Kerber é reeleito presidente do Fundesa

Ver todas as notícias

<< Voltar

Nome

E-mail

Mensagem