Preço do suíno termina mês de setembro com preço recorde

 

Preço do suíno termina mês de setembro com preço recorde

Baixa oferta, exportações e aumento das vendas internas levaram preço do suíno vivo a um recorde em setembro....

 

Sexta-feira, 3 de Outubro de 2014 às 07h29

 
Preço do suíno termina mês de setembro com preço recorde

Oferta restrita e exportações impulsionam negócios com animal vivo

A oferta restrita de animais terminados e a expectativa de aumento das exportações de carne têm impulsionado os preços do suíno vivo. A informação foi divulgada nesta quinta-feira (2/10) pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea).

"Agentes relatam incremento nas vendas internas do produto nos últimos dias, visando ao abastecimento do mercado para o início do mês, quando o consumo é geralmente mais aquecido", informou a instituição.

O suíno vivo comercializado na região de SP-5 (Bragança Paulista, Campinas, Piracicaba, São Paulo e Sorocaba) encerrou setembro a R$ 4,60 o quilo, a maior cotação, em termos nominais, da série do Cepea, iniciada em 2004. O valor representa alta acumulada de 1,4% em setembro e de 24,3% sobre igual período de 2013.

No Oeste Catarinense, a cotação do suíno dessa terça, de R$ 4,44 o quilo também foi a maior da série e correspondeu a valorizações de 6,8% no acumulado de setembro e de 27,6% na comparação com o mesmo período de 2013.

Fonte: Globo Rural

Fonte: PORKWORLD

 

>> Mais notícias

25/05/2017

Simpósio do Leite abordará Biosseguridade

10/05/2017

Biosseguridade e bem-estar na produção suína

03/03/2017

Audiência pública proposta por Weber discutirá decreto para suinocultu

16/12/2016

CP: Kerber vai para 7º mandato

16/12/2016

O Sul: Rogério Kerber é reeleito presidente do Fundesa

Ver todas as notícias

<< Voltar

Nome

E-mail

Mensagem