Avançam obras em postos de divisa

 24/06/2014

Avançam obras em postos de divisa

 

 FISCALIZAÇÃO
 
Está prevista para o final de outubro a inauguração do Posto Fiscal de Divisa (PFD) de Barracão, no Norte do Estado. Com isso, o Rio Grande do Sul passará a contar com seis postos, que receberam investimentos de R$ 780 mil do Fundo de Desenvolvimento e Defesa Sanitária Animal (Fundesa) para obras de revitalização e construção. Em Nonoai, as obras devem ser concluídas em julho. As estruturas de Vacaria, Marcelino Ramos, Iraí e Torres já estão em funcionamento, todos com sistema informatizado.
 
Segundo o presidente do Fundesa, Rogério Kerber, o posto de Barracão exigiu um tempo maior por se tratar de uma construção nova. Os demais já existiam. 'Era necessário dar uma revitalizada em razão de que um PFD deve operar 24 horas', observa o presidente. 'Para isso ocorrer, são necessárias instalações de alojamento em condições para que esse pessoal possa se hospedar nos intervalos intra-jornadas.' De acordo com ele, isso permite maior rigor na fiscalização dos produtos.
 
Pelos PFDs passam todas as cargas de animais, produtos e subprodutos de origem animal que saem, por via terrestre, em direção a outros estados do país. Cerca de 60% da produção de leite que segue para o restante do Brasil utiliza estas estruturas. Nos suínos, o percentual é de 45%, e nas aves, de 30%. A revitalização é realizada em conjunto com as secretarias de Agricultura e da Fazenda e do Ministério da Agricultura. O último posto a ser inaugurado foi o de Torres, também transformado em corredor sanitário com passagem para Santa Catarina.
 
Correio do Povo 24/06/2014
 

>> Mais notícias

25/05/2017

Simpósio do Leite abordará Biosseguridade

10/05/2017

Biosseguridade e bem-estar na produção suína

03/03/2017

Audiência pública proposta por Weber discutirá decreto para suinocultu

16/12/2016

CP: Kerber vai para 7º mandato

16/12/2016

O Sul: Rogério Kerber é reeleito presidente do Fundesa

Ver todas as notícias

<< Voltar

Nome

E-mail

Mensagem