Rússia libera planta para exportar suínos

 09/04/2014

Rússia libera planta para exportar suínos

 

 

 
Mais uma planta frigorífica da Alibem, desta vez no município de Santa Rosa, foi reabilitada a exportar suínos para a Rússia. Após quase três anos da suspensão temporária dos embarques, em junho de 2011, a unidade está autorizada a exportar carne, miúdos e gordura de suínos.
 
De acordo com o diretor-executivo do Sindicato das Indústrias de Produtos Suínos do Estado (Sips), Rogério Kerber, a unidade está preparada para produzir sem ractopamina, substância adicionada à ração para estimular o crescimento, atendendo às exigências do mercado. Esta é a segunda planta reabilitada no Rio Grande do Sul, junto com a Alibem Santo Ângelo, que retomou os embarques em novembro. No total, seis frigoríficos foram habilitadas nos últimos cinco meses. O anúncio, confirmado ontem pelo Ministério da Agricultura (Mapa), deve compensar as negociações com a Ucrânia, que passa por uma crise interna. Em 2013, o país importou 100 mil toneladas do Brasil e enviou pouco menos da metade à Rússia. Kerber acredita que os embarques devem se intensificar em maio. Para o presidente da Acsurs, Valdecir Folador, a retomada deve aumentar o fluxo da exportação e beneficiar a suinocultura.
 
Correio do Povo

>> Mais notícias

24/08/2017

Comissão aprova proj. de Katia Abreu que suspende cobrança do Funrural

25/05/2017

Simpósio do Leite abordará Biosseguridade

10/05/2017

Biosseguridade e bem-estar na produção suína

03/03/2017

Audiência pública proposta por Weber discutirá decreto para suinocultu

16/12/2016

CP: Kerber vai para 7º mandato

Ver todas as notícias

<< Voltar

Nome

E-mail

Mensagem