EMBRAPA: ICP/Suíno chega ao indice mais alto de 2013, ICP/Frango cai

 

EMBRAPA: ICP/Suíno chega ao índice mais alto de 2013, ICP/frango cai

O ICPSuíno teve alta de 1,91% no mês, chegando aos 169,79 pontos, maior índice do ano. Já o ICPFrango fechou outubro com 156,62 pontos, caindo 0,06% em comparação a setembro...

Segunda-feira, 9 de Dezembro de 2013 às 17h44

 
EMBRAPA: ICP/Suíno chega ao índice mais alto de 2013, ICP/frango cai

Os custos de produção de frangos de corte e de suínos calculados pela Embrapa Suínos e Aves de Concórdia (SC), unidade descentralizada da empresa de pesquisa agropecuária vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento tiveram comportamentos diferentes no mês de outubro. O ICPSuíno/Embrapa teve alta de 1,91% no mês, chegando aos 169,79 pontos, maior índice do ano. Já o ICPFrango/Embrapa fechou outubro com 156,62 pontos, caindo 0,06% em comparação a setembro.

O ICPSuíno de outubro teve seu acréscimo baseado principalmente na alta do item nutrição (2,11%). Por outro lado, os gastos com sanidade diminuíram 0,26%. Apesar do aumento de outubro, no ano, o ICPSuíno ainda acumula queda, agora de 4,86%, chegando aos -7,24% nos últimos 12 meses (desde novembro de 2012).

Já a queda no ICPFrango foi puxada pela diminuição de 1,03% nos gastos com nutrição, apesar do aumento com transporte (0,46%) e pintos de um dia (0,39%). Desde janeiro, o índice acumula -11,28%. Nos últimos 12 meses, o acumulado é de -9,47%.

Segundo o pesquisador da Embrapa Suínos e Aves Jonas Irineu dos Santos Filho, "os custos de produção de suínos e de frangos de corte devem continuar estáveis até o final do ano."

A análise completa, incluindo os custos de produção dos 11 principais Estados produtores do país estão no site da CIAS, a Central de Inteligência de Aves e Suínos da Embrapa, no endereço www.cnpsa.embrapa.br/cias, clicando em "custos de produção" no menu principal.

Os índices de custos de produção foram criados em 2011 pela equipe de socioeconomia da Embrapa Suínos e Aves e da Conab. O ICPFrango/Embrapa é referente aos custos de produção no Paraná, maior produtor de frangos do país, para o aviário tipo climatizado em pressão positiva, modelo referencial de produção. Já o ICPSuíno/Embrapa é obtido a partir de resultados de custos da produção de suínos em Santa Catarina, maior produtor nacional, em sistema tipo "ciclo completo", para o suinocultor empresário independente (não há um contrato de integração vertical por sítios como ocorre na produção de leitões terminados em sistema de comodato).

Fonte: EMBRAPA

Fonte: PORKWORLD -  o mega portal da Suinocultura Brasileira

 

>> Mais notícias

25/05/2017

Simpósio do Leite abordará Biosseguridade

10/05/2017

Biosseguridade e bem-estar na produção suína

03/03/2017

Audiência pública proposta por Weber discutirá decreto para suinocultu

16/12/2016

CP: Kerber vai para 7º mandato

16/12/2016

O Sul: Rogério Kerber é reeleito presidente do Fundesa

Ver todas as notícias

<< Voltar

Nome

E-mail

Mensagem