Projeto da UFSM incentiva a inclusão da carne suína na merenda escolar

 

Mercado

17/10/13 - 08:16 - Fonte: ACSURS

Projeto da UFSM incentiva a inclusão da carne suína na merenda escolar

Um projeto que incentiva a inclusão da carne suína na merenda escolar de instituições municipais e estaduais está sendo realizado em Santa Maria (RS).

O "Ações para aumentar a participação da carne suína na merenda escolar" é coordenado pelos professores Vladimir de Oliveira e Volmir Antônio Polli. Oliveira atua no Departamento de Zootecnia/Setor de Suinocultura e Polli no Colégio Politécnico, ambos vinculados a Universidade Federal de Santa Maria (UFSM).

A ação contou com três etapas. A primeira delas coletou, através de entrevistas com merendeiras, sugestões de apresentação da carne suína com o objetivo de facilitar seu preparo, considerando a realidade das escolas da região. "Existem algumas sugestões de como preparar a carne suína para a merenda escolar, mas que precisam ser adaptadas à realidade local. Sabemos que esse aspecto tem importância fundamental para que ações desse tipo tenham resultado efetivo”, afirma o professor Vladimir, ao explicar a metodologia adotada no projeto.

O primeiro encontro contou com a palestra "Produção de carne suína de qualidade", ministrada pelo chefe do Departamento de Zootecnia, professor Arlei de Quadros. Ele enfatizou os principais avanços na criação de suínos e os fatores que determinam o atual nível de qualidade da proteína. "Ainda há muitos tabus que recaem sobre a carne suína, mesmo com todo o trabalho desenvolvido e com todo o avanço que se tem alcançado na produção da mesma", ressalta.

A segunda etapa do projeto iniciou com a explanação de Polli, que deu sugestões e dicas técnicas sobre a manipulação e conservação da carne suína visando manter sua qualidade até o consumo final. "A carne suína possui diferencial de sabor e valor, mas como qualquer produto de origem animal precisa ser conservada e manipulada com muito critério para que chegue na mesa do consumidor final com qualidade”, alertou o professor.

Em seguida, foram elaboradas receitas à base de carne suína, que poderiam constituir parte da merenda nas escolas de Santa Maria. As merendeiras foram divididas em grupos e cada um desses grupos preparou um prato sugerido no primeiro encontro. A preparação das receitas contou com o auxílio da cheff Ainda Medina dos Santos. Entre os pratos preparados estiveram a polenta recheada com guisado suíno, espaguete à bolonhesa, iscas ao molho de carne suína, bisteca suína, estrogonofe de carne suína e almôndegas.

PNDS é exemplo

A terceira e última etapa do projeto, prevista para o primeiro semestre de 2014, vai levar nutricionistas às escolas participantes do projeto para discutir com a comunidade escolar sobre a importância da alimentação equilibrada para a qualidade de vida das pessoas. Segundo Oliveira, a ideia é enfatizar o papel que a alimentação saudável e nutritiva exerce na formação do indivíduo e estimular a boa alimentação. "Esta iniciativa se junta a tantas outras que ocorrem em diversas regiões do Brasil e que têm como foco incentivar o consumo de carne suína no nosso país", destaca o professor, que lembra que tais ações são importantes para incentivar o desenvolvimento da suinocultura e que, de certa maneira, as ações realizadas pelo Projeto Nacional de Desenvolvimento da Suinocultura (PNDS), desenvolvido pela Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS), foram incentivadoras do projeto desenvolvido em Santa Maria. Com isso, para esta última etapa pretende-se criar uma parceria e aplicá-la através do PNDS. A ação deve ser trabalhada pela Associação de Criadores de Suínos do Rio Grande do Sul (ACSURS), filiada à ABCS e que desenvolve as ações do PNDS no Rio Grande do Sul.

Oliveira destaca ainda que o Departamento Técnico de Zootecnia e o Colégio Politécnico estão trabalhando em outro braço do projeto que visa organizar e capacitar produtores e pequenas agroindústrias da região para o fornecimento dessa carne e derivados de suínos para a merenda escolar, já que existem programas governamentais que incentivam a regionalização da merenda e que podem ter impacto importante no desenvolvimento local.

Fonte: Suinos.com.br

>> Mais notícias

24/08/2017

Comissão aprova proj. de Katia Abreu que suspende cobrança do Funrural

25/05/2017

Simpósio do Leite abordará Biosseguridade

10/05/2017

Biosseguridade e bem-estar na produção suína

03/03/2017

Audiência pública proposta por Weber discutirá decreto para suinocultu

16/12/2016

CP: Kerber vai para 7º mandato

Ver todas as notícias

<< Voltar

Nome

E-mail

Mensagem