Tec. da Embrapa discutem exportação de suínos com órgão gov. japones

 COMÉRCIO

24/09/2013 | 09h00

Técnicos da Embrapa discutem exportação de suínos com órgão do governo japonês

Brasil vai precisar superar vantagens alfandegárias dadas a México e Chile

Caco Konzen
Foto: Caco Konzen / Agencia RBS
Em 2012, o Japão comprou cerca de US$ 5 bilhões em carne suína

 

A Embrapa Suínos e Aves, empresa de pesquisa agropecuária vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento recebeu nesta segunda-feira, dia 24, uma comitiva oficial da Agriculture and Livestock Industries Corporation (Alic), órgão do governo do Japão responsável por elaborar pesquisas sobre o comportamento do mercado agropecuário no mundo. Os técnicos da Embrapa discutiram com os japoneses a exportação de carne suína para o país asiático.

Para chegar ao mercado nipônico, a carne suína terá que trilhar um caminho semelhante ao da carne de frango brasileira, que faz sucesso em solo japonês por ter qualidade e segurança alimentar, e porque os frigoríficos brasileiros atendem facilmente às especificações de corte e peso dos produtos exigidos pelos japoneses. Os exportadores brasileiros de carne suína também vão precisar superar as vantagens alfandegárias dadas a países como o México e Chile, que possuem acordos comerciais com o Japão que contemplam a carne suína.

Em 2012, o Japão comprou cerca de US$ 5 bilhões em carne suína. Foram 760 mil toneladas, vindas principalmente dos Estados Unidos, que vendeu 39% do total importado. O México e o Chile juntos responderam por 10% das vendas de carne suína ao Japão.

Além da reunião na Embrapa, os técnicos da Alic passarão durante esta semana por unidades da BRF e da Aurora. Também terão reuniões com o Sindicato das Indústrias da Carne de Santa Catarina (Sindicarne), União Brasileira de Avicultura (Ubabef) e Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri). De acordo com Shunichi Shinkawa, que é o diretor da Alic, a principal intenção da vinda ao Brasil é compreender a competitividade do frango produzido no país. Hoje, o Brasil é o país que mais vende carne de frango para os japoneses.

 

EMBRAPA SUÍNOS E AVES

Fonte: ruralbr - pecuária

>> Mais notícias

10/04/2019

Frente em Defesa do Milho tem adesão de 27 deputados

09/04/2019

Deputados querem criar Frente em Defesa da Cultura do Milho

08/11/2018

Presidente Fundesa fala sobre desafios sanidade animal

04/09/2018

Surto de Peste Suína Africana na Ásia exige atenção em biosseguridade

29/08/2018

Presidente do Fundesa recebe Medalha Assis Brasil

Ver todas as notícias

<< Voltar

Nome

E-mail

Mensagem