Indústria gaúcha é autorizada a exportar para a China

A planta de abates de suínos da Cotrijuí, em São Luiz Gonzaga, é a primeira indústria gaúcha a receber autorização para exportar carne suína para a China. Apenas outras três plantas estão habilitadas, uma em Goiás e duas em Santa Catarina.

Para o diretor executivo do Sindicato das Indústrias de Produtos Suínos, Rogério Kerber, a habilitação “é de grande relevância porque significa a abertura do crescente mercado chinês para a carne suína do Rio Grande do Sul.” Segundo ele, a aprovação vem em um ano em que a cadeia passou por grandes dificuldades e isso melhora a auto-estima dos produtores e anima o setor como um todo.

A cooperativa vem aguardando a liberação de exportação de carne suína para a China desde o final de 2010, quando uma missão chinesa esteve visitando frigoríficos em vários estados brasileiros. A unidade de suínos da Cotrijuí tem abatido, em média, 40 mil cabeças por mês. Ainda não existe uma previsão do volume de compra do país asiático.

>> Mais notícias

10/04/2019

Frente em Defesa do Milho tem adesão de 27 deputados

09/04/2019

Deputados querem criar Frente em Defesa da Cultura do Milho

08/11/2018

Presidente Fundesa fala sobre desafios sanidade animal

04/09/2018

Surto de Peste Suína Africana na Ásia exige atenção em biosseguridade

29/08/2018

Presidente do Fundesa recebe Medalha Assis Brasil

Ver todas as notícias

<< Voltar

Nome

E-mail

Mensagem