Conab sinaliza nova retomada do milho

Aumento da produção do Brasil Central deve ajudar a abastecer indústria

No Rio Grande do Sul, lavoura do cereal segue com previsão de quebra de 44,8%<br /><b>Crédito: </b> vinícius roratto
No Rio Grande do Sul, lavoura do cereal segue com previsão de quebra de 44,8%
Crédito: vinícius roratto
 

O sexto levantamento divulgado ontem pela Conab indicou leve recuperação na produção nacional de milho, frente ao estudo de fevereiro. Segundo o superintendente da Conab/RS, Glauto Melo, a alta de 872,2 mil toneladas em relação ao estudo passado, deve-se à evolução da safrinha no MT, PR, GO e MS. Com isso, o Brasil deve colher 61,7 milhões t do cereal, o que representa aumento de 7,4% em comparação com 2011. Em dezembro, a estimativa era de 58,9 milhões de t. A retomada é um sinal positivo para a indústria de aves e suínos, pois sinaliza uma menor pressão sobre o mercado nacional já que, no RS, a safra do grão despencou 44,8% com a seca. Contudo, o diretor-executivo da Asgav, José Eduardo do Santos, alerta que é preciso que o governo tenha controle das exportações.

Em relação ao RS, a previsão de safra é de 21,7 milhões de t. Melo acredita que a pesquisa de abril deve trazer números melhores para arroz e soja no Estado devido às chuvas registradas em fevereiro. Quanto aos números gaúchos, houve pequena variação para mais apenas nas lavouras de arroz e feijão, cuja produção passou para 7,04 milhões de t e 98,8 mil t. Na soja, a previsão é de queda de 28,9%.

 

Fonte: Correio do Povo

>> Mais notícias

10/04/2019

Frente em Defesa do Milho tem adesão de 27 deputados

09/04/2019

Deputados querem criar Frente em Defesa da Cultura do Milho

08/11/2018

Presidente Fundesa fala sobre desafios sanidade animal

04/09/2018

Surto de Peste Suína Africana na Ásia exige atenção em biosseguridade

29/08/2018

Presidente do Fundesa recebe Medalha Assis Brasil

Ver todas as notícias

<< Voltar

Nome

E-mail

Mensagem