Mapa deve ampliar portarias ao milho

 

Abastecimento do grão foi tema central do fórum, que teve auditório lotado<br /><b>Crédito: </b> vinicius roratto
Abastecimento do grão foi tema central do fórum, que teve auditório lotado
Crédito: vinicius roratto
 

O ministério da Agricultura (Mapa) deverá ampliar as portarias 144 e 143 publicadas no Diário Oficial semana passada para fomentar a comercialização de milho. A garantia foi dada ontem pelo secretário de Política Agrícola do Mapa, Caio Rocha, durante o Fórum do Milho, na Expodireto. Segundo ele, a portaria 144 para milho a balcão, que saiu com o limite de 6 mil quilos por produtor, passará para 27 mil quilos por produtor. E a portaria 143, que determina VEP de milho para agricultores, incluirá as integradoras do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, além das indústrias já previstas do Espírito Santo, do Rio de Janeiro e de Minas Gerais. Segundo Rocha, as alterações foram repassadas ao ministério da Fazenda e, depois, seguirão para o Planejamento.

A corrida, agora, é contra o tempo. O leilão de VEP foi anunciado para o próximo dia 15 com a comercialização de 80 mil toneladas de milho, sendo 40 mil para produtores do RS e SC, e 40 mil para ES, RJ, além das regiões Norte e Nordeste, e Norte de MG. O diretor-executivo do Sips, Rogério Kerber, antes surpreso com a publicação, ficou satisfeito com o anúncio.

A questão do abastecimento de milho e da autossuficiência na produção foi um dos assuntos discutidos no Fórum do Milho. O encontro lotou o auditório em Não-Me-Toque.

Fonte: Correio do Povo

 

>> Mais notícias

10/04/2019

Frente em Defesa do Milho tem adesão de 27 deputados

09/04/2019

Deputados querem criar Frente em Defesa da Cultura do Milho

08/11/2018

Presidente Fundesa fala sobre desafios sanidade animal

04/09/2018

Surto de Peste Suína Africana na Ásia exige atenção em biosseguridade

29/08/2018

Presidente do Fundesa recebe Medalha Assis Brasil

Ver todas as notícias

<< Voltar

Nome

E-mail

Mensagem