>> Artigos

RS precisa recursos para vigilância animal no combate á aftosa

 Thais D'Avila (51) 93227144

Assessoria de Imprensa - Fundesa

 

RS precisa otimizar recursos para vigilância animal no combate à aftosa

O fiscal agropecuário Diego Viali dos Santos apresentou nesta segunda-feira (18) para representantes do serviço veterinário oficial e das cadeias produtivas de bovinos e suínos o resultado do estudo intitulado “Identificação de áreas de risco para a febre aftosa no RS  utilizando a técnica de múltiplos critérios”. O trabalho foi financiado por um Acordo de Cooperação Técnica entre a Faculdade de Veterinária da Ufrgs, o Fundesa e a Secretaria da Agricultura.

O estudo, que levou em conta 22 critérios, apontou que o principal risco de ingresso do vírus ocorre nas regiões de fronteira e através a movimentação ilegal de animais. Para ter um ponto de partida, a pesquisa analisou os casos de febre aftosa registrados no estado de 1986 a 2001. “O resultado comprovou que a maior parte dos casos ocorreu nas regiões onde apontamos como as de maior risco”, afirma Diego Viali dos Santos.

A conclusão do trabalho pode contribuir para a definição de políticas de vigilância animal, otimizando recursos. “Se o maior risco está nas regiões fronteiriças, é lá que deve estar reforço da vigilância ativa”, destaca Santos.  

Com base no resultado do estudo, o presidente do Fundesa, Rogério Kerber sugeriu que o Grupo de Avanço de Status Sanitário no Rio Grande do Sul se reúna nos próximos dias para avaliar as medidas que podem ser tomadas para minimizar o risco de reingresso do vírus da febre aftosa no Rio Grande do Sul. “Em primeiro lugar, precisamos conscientizar os produtores da importância deles no processo de defesa sanitária. Não é apenas uma atividade do serviço oficial”, afirma.

>> Mais artigos

24/08/2017

Cepea: recuperação da Agroindústria deve favorecer resultados em 2017

25/05/2017

09/06/2017 - EVENTO: BIOSSEGURIDADE E BEM-ESTAR NA PRODUÇÃO SUÍNA

17/04/2017

Saldo do Fundesa supera R$70 milhões

04/04/2017

Case gaúcho de sanidade animal apresentado em evento continental

22/03/2017

Carta aberta do Setor Agroindustrial

Ver todas os artigos

<< Voltar

Nome

E-mail

Mensagem